Armazém Bertolotti

Estrada Municipal Vereador Tica Bertolotti s/n
Bairro do Rodeio -
Extrema-MG
Tel: (35) 3435-4813 ou 9802-4121
E-mail:
armazembertolotti1@gmail.com

Veja localização no Google, clique: Armazém Bertolotti

COMO CHEGAR - Veja o mapa abaixo

COMO CHEGAR

COMO CHEGAR
A antiga venda da Fazenda, hoje ARMAZÉM BERTOLOTTI está localizada a cerca de 300 m da Rodovia Fernão Dias, sentido Belo Horizonte.

No Km 928,8 sair à direita. Logo acima vai visualizar o Recanto de Minas.

Um pouco antes, tomar a sua direita e após 250 m já irá deparar com sua segunda casa: ARMAZEM BERTOLOTTI.

TRANSLATOR GOOGLE

Armazém Bertolotti

Aqui você se sente em sua própria casa. Recorda o passado. Conversa a vontade. Degusta diversos tipos da cachaça da região inclusive as envelhecidas em toneis de carvalho. Saboreia autenticos petiscos de boteco, inclusive os especiais vencedores de concursos como o "Torresmo com Polenta e Mandioca Frita ". Come uma comidinha caseira da vovó, elaborada em fogão a lenha, com o mais autentico sabor mineiro. De sobremesa, escolha entre os inumeros doces cazeiros todos elaborados no Armazém Bertolotti.

Torresmo com Polenta e Mandioca Frita

Torresmo com Polenta e Mandioca Frita

Torresmo com Polenta e Mandioca Frita
Nosso torresmo é bi-campeão do Festival de Comida de Boteco da região, 2007 e 2008. Através dele, o Armazém Bertolotti com os seus 121 anos de história passou a ser ainda mais conhecido por todos na região.

QUEM SOMOS - DE ONDE VIEMOS

Da esquerda para a direita, Du, casal de amigos frequentador, meu pai Jair e Jair (nenê).

Temos um Armazém em um sítio na cidade Extrema, MG, conhecido por todos aqui da região como Venda.
Nossa Venda tem 121 anos, e pertence à família desde que chegaram da Itália em 1889.
Somos a 5º geração do Armazém, que tem muita história pra se contar.

A Venda foi criada para atender apenas os moradores da fazenda, até quando meu bis avô, Angelo Bertolotti, passou a cuidar dos interesses da família. Como ele bebia muito, fazia péssimos negócios, e a fazenda foi se acabando.

Nossa Bisa avó, Servilha Bertolotti, teve que tomar frente dos negócios para não perder o pouco que lhes restou. E foi na Venda que ela passou a reerguer o nome da família. A avó Servilha fez com que meu avô, Tica Bertolotti, tomasse conta da Venda quando ele completou 9 anos.

Ali ele se casou, criou os filhos, tornou-se político e foi um marco na cidade de Extrema e região.
Ele e minha avó tiveram 7 filhos ( Benedita, Cíbila, Venina, Ferrante, Acássio,minha mãe também chamada Servilha e Marcelo).

Quando meu avô faleceu, meu tio Ferrante passou a cuidar da Venda, que depois passou para seu filho Alexandre que ao deixar a Venda quase se acabar, minha mãe assumiu a mesma em 2005.

Meu pai que era caminhoneiro, deixo a estrada para ser comerciante, e ele junto com minha mãe e meu irmão Eduardo foram trabalhar na Venda, que fazia o suficiente pra comer o prato de arroz e feijão todo dia, como dizia a Vó Tica.

Para minha avó o importante eram todos os filhos e netos estarem próximos dela. Ela e o tio mais velho dos Bertoltti, o Tio Zinho, sempre diziam que a sorte do meu pai estava na Venda.


Minha avó faleceu aos 91 anos em dezembro de 2005 de câncer, e 6 meses depois, perdemos nossa mãe em um acidente de carro.

A Venda era o orgulho maior da minha mãe, e meu super pai superou a depressão nela; cuidando daquilo que minha mãe mais adorava ter.
Estávamos passando por um período muito difícil, problemas financeiros, depressão, dor! Pedíamos muito a ajuda de Nossa Senhora e Santa Rita, que intercedesse pela nossa felicidade.

Foi quando nos convidaram para participar de um Festival de Comida de "Buteco" do Sul de Minas, que iria acontecer na cidade de Extrema.

Eu estava devendo muito na faculdade, e achava que se fossemos participar, poderia levantar o dinheiro que faltava para quitar a 1º parcela da dívida com a Universidade.

No 1º dia de atendimento ao público, já havia esgotado nosso estoque, e o dinheiro era o suficiente pra quitar toda a dívida. Nas ruas da cidade todos diziam que o Torresmo dos Bertolotti era o prato campeão. Realmente ganhamos o Festival, participamos de outros festivais e em todos fomos ganhadores.

A Venda cresceu, tivemos que ampliar.

Depois do Torresmo, veio a Costelinha de porco com mandioca frita, que sempre os clientes pediam que servíssemos o almoço como acompanhamento.

Hoje em Extrema somos famosos pela melhor comida mineira, o melhor torresmo de Minas Gerais, a fabulosa polenta frita, as saborosas porções acompanhadas com mandioca frita, e tudo plantado ao nosso redor.

Dois jornais já nos lançaram na capa dizendo que Minas Gerais começa no Armazém Bertolotti.

Só de escrever choro, pois a Venda é mais que um lugar de se ganhar dinheiro, é a história da minha família. Cada elogio, vai diretamente para minha mãe, pois, ela sempre dizia que quem amasse seus filhos já estava amando ela, então eu traduzo dizendo que quem elogia nossa Venda, esta elogiando ELA!!!!

Será um imenso prazer poder contar com sua prezença e oferecer a já famosa culinária do nosso Armazém. Venham conhecer os nossos petiscos, nossa comidinha mineirinha e nossos doces cazeiros.

Aqui tudo é muito simples e antigo, porém, tudo tem história, tem valores inexplicáveis: como nossos livros de conta (desde 1889) onde as pessoas compravam e pagavam por ano; os porões de pedra; os doces feitos e comercializados em grandes caixas de madeira, como exemplo, a legítima Goiabada Cascão; sem contar as galinhas com seus pintinhos que ficam rodeando os turistas que mechem com elas.

Até um velho e saudoso gato da Venda nós temos, pois, minha avó sempre dizia que não existe tuia sem rato, e não existe Venda sem gato, que essas coisas “trazem sorte”. Tomar cachaça, só se for na canequinha esmaltada. E porquê não ouvir os velhos moradores da região contar as antigas histórias de quaresma.

Ler as antigas cartas e orações de nossos ancestrais que eram escritas à caneta tinteiro; e há um pulinho de tudo isso ver nossa cria de porcos caipiras de todas as mais variadas cores, que adoram ser fotografados; ao entardecer, ouvir todos os bichos fazerem o maior barulho se preparando para o anoitecer.

Na Venda tem magia, tem fé, tem 121 anos de mineiridade e muito AMOR!
Só falta você!